Projeto da GeoCompany desenvolvido para a Sabesp na crise hídrica é destaque em revista de engenharia

Projeto da GeoCompany desenvolvido para a Sabesp na crise hídrica é destaque em revista de engenharia

O sucesso do projeto emergencial para contornar uma das mais graves crises hídricas ocorridas na Grande São Paulo foi tema de um detalhado artigo recém-publicado na Revista Brasil Engenharia. Desenvolvida pela GeoCompany, a transposição de água bruta dos sistemas produtores Rio Grande (Billings) para o Alto Tietê (Taiaçupeba-Mirim) foi uma das mais importantes obras executadas pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) em 2015.

A obra de adução mista em meio aquático e terrestre foi concebida, desenvolvida e executada em tempo recorde. A falta de chuvas em 2014 e 2015 comprometeu severamente os reservatórios que abastecem a Região Metropolitana de São Paulo, que abrange 39 municípios, onde vivem cerca de 21 milhões de habitantes.

Ações inéditas

Segundo o artigo da Revista Brasil Engenharia, a crise hídrica exigiu do governo paulista estratégia e investimento financeiro para a rápida tomada de decisões para criar ações inéditas e garantir o abastecimento de água, que hoje são consideradas referência em gestão de recursos hídricos.

Uma delas foi a transposição da capacidade do sistema Rio Grande, que fica na zona sul da capital paulista, para o Alto Tietê, permitindo o abastecimento de 1,3 milhão de pessoas. Outras ações do projeto incluem a busca de água em mananciais ociosos, reversão das águas de rios de vertente marítima, utilização de reservas técnicas, integração de reservatórios, reformas de adutoras, combate de perdas, redução da pressão nas redes de distribuição, ampla campanha de conscientização e aplicação de sobretaxas e descontos em faturas.

Editora Conteúdo/Abgail Cardoso

 

Compartilhar notícia: Facebook Twitter Pinterest Google Plus StumbleUpon Reddit RSS Email

Comentários