ABEMI conquista novos associados nos segmentos de engenharia e jurídico

ABEMI conquista novos associados nos segmentos de engenharia e jurídico

À medida que o setor de Engenharia Industrial apresenta reaquecimento, a ABEMI vem conquistando novas adesões. Entre elas está a Construtora Queiroz Galvão, um dos principais nomes do setor de Engenharia no país, que tem 68 anos de atuação. Responsável por projetos e execução de grandes empreendimentos, a empresa está retornando ao quadro de associados da ABEMI.

“Passamos por um período conturbado, com desaquecimento do mercado e perda de faturamento. Foram alguns anos sem perspectivas de novos projetos no mercado industrial. Fizemos uma reestruturação para manter nossa operação e o negócio, preservando nosso know-how. Agora o setor está reagindo, e estamos prontos para aproveitar as oportunidades que estão surgindo nas áreas de óleo e gás, terminais logísticos e celulose”, afirma Michel Rossi, responsável pela área de Engenharia da Queiroz Galvão.

Segundo ele, a empresa já está inserida em grupos de trabalho, programas e comitês da ABEMI, como o Programa Construção 4.0, Comitê de Competitividade, o projeto CII e o Grupo de Inovação e Tecnologia. “Queremos colaborar para que o ambiente da construção industrial tenha competitividade e destaque. Por isso, é importante participar da ABEMI, que tem desenvolvido um trabalho brilhante e sendo proativa dentro dessa indústria, para que o Brasil não fique para trás”, diz Rossi.

Gasoduto Catu-Pilar, Projeto Malha do Nordeste Fase I – Queiroz Galvão

Produtividade e sustentabilidade

Contribuir com os grupos de trabalho também é um dos objetivos da Propav Construção e Montagem, que tem mais de 23 anos e é uma empresa brasileira especializada em construção, montagem e manutenção industrial. Com matriz em Caçapava (SP), opera no Brasil e no exterior, tem cerca de 2 mil profissionais experientes e qualificados, atuando nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Pará, Roraima, e na República do Benin, no continente africano.

“Somos uma empresa versátil, que busca as melhores soluções tecnológicas, trabalhando com foco na sustentabilidade de suas atividades, transparência e ética”, afirma o diretor-presidente Flávio Pimentel. Segundo o executivo, o corpo técnico de profissionais da empresa é altamente qualificado e certamente poderá agregar conhecimento participando dos grupos de estudos, discussões e eventos. “Podemos compartilhar nossas ações e boas práticas que aliam produtividade e sustentabilidade, trazendo informações que podem contribuir para o desenvolvimento da indústria nacional e internacional”, afirma.

O diretor-presidente da Propav explica ainda que a empresa associou-se à ABEMI porque a entidade faz a defesa de interesses coletivos e a representação institucional da categoria. “Através da ABEMI, estaremos inseridos nas principais discussões de interesse do nosso setor, bem como estaremos representados junto aos órgãos governamentais e demais instituições sociais com atuações relacionadas ao setor industrial”, afirma Pimentel.

Marcelo Marchetti, da Toledo Marchetti

Outro novo sócio é o escritório de advocacia Toledo Marchetti. Organizado para atender às demandas nas diferentes áreas jurídicas do segmento de infraestrutura e construção, o escritório é do tipo one stop shop para o setor de engenharia. “Nossa equipe é composta de especialistas que falam a mesma língua e entendem o negócio e o mercado, buscando trazer serviços personalizados”, explica Marcelo Marchetti.

A primeira aproximação do Toledo Marchetti com a ABEMI foi como representante da Toyo Setal no GT Jurídico. Agora, o escritório decidiu tornar-se associado em razão do foco comum, mas sobretudo pelo reposicionamento e crescimento da entidade. “A ABEMI, nos últimos anos, voltou a ter destaque e a atrair associados relevantes. A liderança do GT Jurídico, por exemplo, tem sido muito ativa, tratando de temas muito importantes. Nossa participação será uma via de mão dupla. Na ABEMI, estamos junto com as empresas do nosso setor de interesse, muitas aliás já são nossas clientes, e também agregaremos conhecimento jurídico especializado aos grupos de trabalho existentes e aos que vierem a ser montados”, afirma Marcelo Marchetti. Também se associaram à ABEMI recentemente as empresas Camargo Corrêa, OAS e ECB.

Editora Conteúdo/Abgail Cardoso

 

 

Compartilhar notícia: Facebook Twitter Pinterest Google Plus StumbleUpon Reddit RSS Email

Comentários