Circulo Amarelo Esq

ABEMI investe em ecossistema digital para incentivar o uso de novas tecnologias

2

Big Data, Cloud Computing, Realidade Virtual (RV), Realidade Aumentada (RA) Inteligência Artificial (AI), todos são conceitos que saíram do campo da tecnologia e ganharam espaço em diversas outras áreas de atuação profissional. Não é surpresa que a inovação, como aliada da produtividade, seja a palavra de ordem atualmente dentro da Engenharia Industrial. De acordo com dados recentes da Bloomberg Intelligence, os segmentos de RV, RA, Games, Cloud, entre outros, devem movimentar mais de R$ 4 trilhões até 2024.

Se depender da ABEMI, o futuro já começou para os profissionais do setor. O objetivo é levar até às associadas o que há de mais moderno no mercado, além de ajudar a compreender melhor como a transformação digital vem impactando diretamente na produtividade das empresas, reduzindo desperdícios e, assim, aumentando a rentabilidade das empresas e a competividade do Brasil frente ao mercado global.

3

Pensando nisso, a ABEMI tem investido na construção de um completo ecossistema digital, o que inclui o Programa de Engenharia e Construção 4.0 (ProEC 4.0) e o Núcleo de Engenharia e Construção de Sorocaba (NECSOR). É impossível falar de inovação sem citar a importância da engenharia 4.0 e de um programa que atue para estimular, fomentar e prover pesquisas e desenvolvimentos de ações de inovação tecnológicas para a área. Dessa forma, o ProEC 4.0 está trabalhando para posicionar as empresas brasileiras, em um lugar de destaque em nível global, com iniciativas que vão desde formular Políticas de Inovação e Tecnologia (PIT), obter indicadores econômicos e tecnológicos, até a implementação do Núcleo de E&C de Sorocaba (NECSOR).

A Deloitte, parceira do Instituto ProEC 4.0,  junto com a ABEMI, que conta com o apoio do Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada (SINICON), do Instituto de Engenharia (IE), além da parceria com o Parque tecnológico de Sorocaba, realizou recentemente um evento para  discutir a produtividade da indústria de construção no país. Na ocasião, o ProEC 4.0 foi destaque com a presença de Joaquim Maia, presidente da ABEMI; Claudio Medeiros, presidente do SINICON e Paulo Ferreira, presidente do IE. Neste contexto, realizou-se uma apresentação no ambiente metaverso do NECSOR, pelo diretor do Instituto, Maurício Godoy, com a participação ainda de  Nelson Cancellara, presidente do PTS (Parque Tecnológico de Sorocaba); Gustavo Paes, coordenador do Comitê de Engenharia e Inovação do SINICON; Ricardo Kenzo, diretor do IE e Diego Mendes, CEO da Trutec. Toda a discussão foi mediada por Danielle Ávila, coordenadora do Centro de Excelência de Infrastructure & Capital Projects da Deloitte.

parque_tec

Experiências digitais

O NECSOR é a grande fusão do virtual com o real, um projeto inovador de imersão na Engenharia Industrial e Construção Pesada. Por enquanto, o NECSOR digital está sediado na Deloitte Greenhouse, em um ambiente com várias experiências digitais, em que os visitantes podem participar de demonstrações que fazem uso de tecnologias digitais 4.0 aplicadas e integradas, o que possibilita a resolução de problemas reais de negócios e engajamento com uma infinidade de soluções com potencial de uso.  Em um segundo momento, haverá a implementação do NECSOR no ambiente físico, no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS). No local, os equipamentos utilizados em canteiros de obras digitais estarão operando e disponíveis para atividades, treinamentos e demonstrações.

1650204560356-150x150
Maurício Godoy, do ProEC 4.0: “Empresas de engenharia precisam investir em inovação e digitalização”

Através do site recém-criado (www.proec40.com.br), também usando a mesma identidade visual da ABEMI, é possível acompanhar os processos e rotinas pelos quais empresas brasileiras exercem através de atividades de engenharia ou EPC. Neste portal também é possível verificar as tecnologias e os impactos no setor. Segundo Maurício Godoy, diretor do ProEC 4.0, as obras devem ser iniciadas no primeiro semestre de 2023. “Para competir com empresas de outros países é fundamental que as empresas brasileiras de E&C tenham como foco a inovação e digitalização, visando o aumento da competitividade. E o ProEC 4.0 junto com NECSOR são importantes ferramentas nesse processo”.

Editora Conteúdo

 

Compartilhe:

Posts Relacionados

Presidente da ABEMI se reúne com Governador de São Paulo para discutir privatização da SABESP
Img 20231106 Wa0023
No dia 6 de novembro, o presidente da ABEMI – Associação Brasileira de Engenharia Industrial, Joaquim Maia, participou...
Comitê da ABEMI promove webinar sobre ESG, integridade e compliance nas contratações públicas
Blue White Futuristic Simple Photo Artificial Intelligence Youtube Thumbnail (1)
O comitê ESG da ABEMI promoveu em outubro o webinar: “ESG, integridade e compliance nas contratações públicas”. A...
Coalizão, liderada pela ABEMI, apresenta estudo sobre desafios no transporte de gás do pré-sal
Blue White Futuristic Simple Photo Artificial Intelligence Youtube Thumbnail (1)
A Associação Brasileira de Engenharia Industrial (ABEMI), líder da Coalizão pela Competitividade do Gás Natural, estará em Brasília...