Robô subaquático é exemplo de inovação em engenharia

circulo-amarelo - esq

Os participantes da 21ª edição do RoboSub, uma das maiores competições de robótica submarina do mundo, conheceram, em julho último, em San Diego, nos Estados Unidos, o BrHUE, um robô aquático desenvolvido por alunos da graduação de vários cursos da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Conhecido como AUV – Autonomous Underwater Vehicle, ou veículo submarino autônomo –, o robô brasileiro pode ser usado na indústria de óleo e gás ou no controle de rios, bacias e lagoas, permitindo a expansão da captação de dados em águas profundas e ambientes inóspitos. O uso desse tipo de tecnologia barateia os custos das operações e diminui o risco de perdas humanas nesse tipo de atividade.

Editora Conteúdo/Abgail Cardoso

Compartilhe:

Posts Relacionados

O Brasil precisa de investimentos urgentes em infraestrutura nos próximos anos
Technology screen with high speed motion blur
Falar de investimentos em infraestrutura é dizer de uma das maiores prioridades do Brasil, tanto em termos econômicos...
ABEMI participa das comemorações dos 10 anos do Parque Tecnológico de Sorocaba
IMG-20221107-WA0016-720x540
A ABEMI, representada por seu diretor executivo, Matias Fernandez e pelo diretor do Instituto ProEC 4.0, Mauricio Godoy,...
ABEMI promove debate sobre a engenharia digital no Brasil com especialistas na área
IMG-20221027-WA0007
A diretoria de engenharia da ABEMI realizou mais uma mesa redonda. Desta vez, o tema foi Engenharia digital:...